27 de novembro de 2016 - Um Deus que quer ser achado

UM DEUS QUE QUER SER ACHADO

 

TEXTO: “Vejam, eu enviarei o meu mensageiro, que preparará o caminho diante de mim. E então, de repente, o Senhor que vocês buscam virá para o seu templo; o mensageiro da aliança, aquele que vocês desejam, virá”, diz o Senhor dos Exércitos.
(Malaquias 3:1 NVI)

 

QUEBRA-GELO: Você já participou daquela brincadeira de procurar algo com seus olhos vendados enquanto alguém grita se está quente ou frio?

 

INTRODUÇÃO: Ter algumas dicas pode fazer toda a diferença quando procuramos algo. Por que perder tempo indo aonde o que queremos não está? Mas é claro que quando falamos da nossa vida a coisa fica um pouco mais complicada. Primeiro, porque nem sempre sabemos o que procuramos. Depois, não sabemos o motivo da busca.

Estamos falando do propósito da nossa existência, a razão das nossas vidas, o que dá sentido a tudo. A promessa de Deus é a de recebermos o que buscamos. É o que acontece quando procuramos justamente o que ele quer que a gente ache, que é ele mesmo. Para o encontrarmos, precisamos entender algumas coisas:

 

O que precisamos procurar é Deus

Sabe aquela fome de comer não se sabe o que? Aquele momento em que você abre a geladeira e os armários, que até têm comida, mas não é nada daquilo que você procura? A nossa necessidade de Deus é muito parecida com isso. Sabemos que nada do que já experimentamos serve. Só Deus pode satisfazer esse anseio. Só ele pode nos oferecer o que realmente precisamos.

 

Precisamos do que ele nos oferece

Outro problema é não sabermos desfrutar de tudo o que Deus pode ser em nossas vidas. Muita gente o encontra mas não usufrui disso. É como ter um pacote completo de TV a cabo e não conseguir assistir a nenhum por não saber mexer no controle remoto. Como ficar com medo de gastar muito em um buffet livre de um restaurante caríssimo que em que um amigo convidou e disse que pagaria a conta. Todos os nossos anseios podem ser satisfeitos em Deus.

 

E o encontraremos onde ele disse que iria estar

Às vezes os nossos olhos nos traem. Não encontramos coisas que estão na nossa cara, bem debaixo dos nossos narizes. Desprezamos o simples, não queremos o óbvio. Não percebemos que nesses lugares é que Deus está. Aqui não pensamos em geografia, mas numa condição ideal: reunidos em nome dele, fazendo o que ele faria. Para o encontrarmos, muitas vezes nem precisamos sair do lugar. Requer um bom esforço, mas pode estar muito mais perto do que se imagina.

 

CONCLUSÃO: O Senhor nos dá muitas dicas de como o alcançarmos. Na verdade, ele quer que vivamos ao lado dele. Deus tem muitos planos a realizar em nossas vidas. Por isso, ele quer ser achado por nós, quer ser buscado. Viva essa aliança com ele, esse compromisso para uma vida abençoada. Vamos orar.


webmail | admin

© Copyright 2013 Todos os direitos reservados.