04 de Dezembro de 2016 - Amar é um compromisso emocional

Tema: Amar é um compromisso emocional

Texto base: Mateus 22.37-39

Quebra gelo:  Você sabe amar? O amor que você tem pelas pessoas tem preço? Você é capaz de amar,  mesmo quando elas te aborrecem? Você é capaz de amar uma pessoa, mesmo quando ela não te oferece nada?

Introdução: Amar é um compromisso emocional. Para ter  uma vida emocional saudável, é preciso cuidar dos seu sentimentos. Cuidar de como você tem vivido diante dos seus relacionamentos. Precisa entender que o convívio é uma escola diária, onde há momentos que se perde e que  se ganha. Se uma pessoa não sabe trabalhar esses momentos em sua vida, tudo fica em desequilíbrio. Há uma frase que diz: “O homem semeia na perspectiva de colher no futuro, mas colhe o que semeou no passado”. O desafio é saber semear agora. Sejam eles em momentos de tristeza ou momentos de alegria. Então hoje, vamos aprender a semear uma vida emocional saudável, para que possamos mantê-la assim, para a colheita do futuro.

1) Aprenda a amar de todo o coração; é o tipo de amor que aprendemos com Deus. Ele é incondicional. Isso quer dizer que não depende de nada. Amamos, simplesmente porque amamos. Tudo começa no coração. Na genética, quando pensamos em formação, na origem do corpo humano, o coração se forma antes do cérebro, no ventre materno. É dele,  que procede as fontes de vida. (Prov. 4.23). O coração antecede a alma e o entendimento. O amor deve ter início no coração, sem pensar. Sem raciocinar, simplesmente, ame. Tanto em relação a Deus, quanto ao próximo. Você deve aprender a amar, sem que o outro mereça. Deus nos ama assim: sem condições,  nem restrições, muito menos satisfações. Simplesmente Ele nos ama. Faça o mesmo!!! (1Co. 13)

2) Aprenda a amar de toda a alma; Esse tipo de amor, é uma função de nossa personalidade. Hoje vivemos um engano intelectual. É quando uma pessoa crê que suas opiniões formadas pelo seu intelecto, são superiores aos ensinamentos da palavra de Deus. Vive com uma personalidade acima da verdade. Pensando que podem viver quebrando as leis de Deus. Entenda uma coisa: “Você,  não quebra a lei de Deus. É,  a lei de Deus que te quebra”. Amar de toda a sua alma, é o de se colocar sob os domínios da palavra de Deus. Precisa viver de acordo a sua palavra e ter um coração ensinável, recebendo a capacitação necessária. Tenha uma personalidade, sob o domínio das escrituras.

3) Aprenda a amar de todo o pensamento; quando o amor de Deus, no teu coração começa a desaparecer, a moral entra em declínio. Quanto menor for o teu amor pelo Senhor, mais baixa será a sua integridade. Quanto menor o nível de integridade, maior o número de mágoas e rancores que te levam a derrotas. Aprenda a amar a Deus de todo o pensamento. Para isso, precisa odiar o que Ele odeia. (Sl. 97.10). Detestar o mal, tem que  ser o seu objetivo. Em tudo, aborreça o mal. Isso deve refletir a sua vida. Começa com Deus e continua com o próximo. Quanto mais pertos de Deus, mais fácil, amamos o próximo. Você precisa aprender a olhar mais para o alto, receber o que Ele tem a te oferecer: “Muito amor!” Para que aquilo que está abundando em sua vida, inunde a vida do próximo. Se encha de Deus, para que o amor seja transmitido naturalmente.

Conclusão: Ame: De todo o coração, de toda a sua alma e todo o seu pensamento. Que a sua vida seja o reflexo daquilo que você vive intimamente com Deus. Faça o que Deus tem feito todos os dias em sua vida: Te,  perdoa todos os dias. Perdoe, tão rapidamente e inesperadamente, como as pessoas te magoam. Que o amor  Dele inunde todo o vosso coração. Vamos orar? 


webmail | admin

© Copyright 2013 Todos os direitos reservados.