Consolidação

“E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá.” 1 Pedro 5:10 

Todos querem ser tratados como alguém especial e não como mais um dentro da igreja, pois o início da caminhada cristã é muito difícil. O inimigo (Satanás) vem colocar inúmeras opções fora da presença de Deus, sem falar na dificuldade em que as pessoas novas na igreja têm de confiar em outras, que só veem nos cultos, implicando na falta de relacionamento com os irmãos em Cristo.

O processo da consolidação busca “fechar a porta dos fundos” da igreja. É um processo que busca reter os frutos, fornecendo atenção, zelo, acompanhamento por meio de discipulado, que levará a construção de relacionamento de confiança entre o responsável da consolidação e o visitante, posteriormente, com um líder de célula, levando este visitante a se sentir cuidado, e, deste modo, aberto ao discipulado que o levará à construção do caráter de Cristo.

O objetivo ao consolidar o novo convertido é firmá-lo na sua fé, construindo uma postura como cristão, não o deixando corromper-se pelo mundo até que se verifique a solidez de sua fé.

A consolidação nos cultos é feita a partir da entrega de um presente, (folheto que expõe a salvação e um evangelho de João) e recolhimento de uma ficha cadastral preenchida pelo visitante. Este, posteriormente, será encaminhado a uma célula.

Entendemos que este é um cuidado que todos nós que formamos o corpo de Cristo temos de ter com os novos convertidos, pois a Palavra de Deus fala que devemos amar nosso próximo como a nós mesmos. E que lindo gesto é negar seu próprio tempo para consolidar uma vida.

Coordenação: Leandro e Silvia


webmail | admin

© Copyright 2013 Todos os direitos reservados.