História em Cascavel

Em janeiro de 1967 o bispo da Sexta Região, na época, Wilbur Smith, nomeou o pastor norte americano recém-chegado ao Brasil, Raymond Noah, para morar em Cascavel e iniciar uma congregação da Igreja Metodista neste lugar.

No mês seguinte, ele e sua esposa Cleo Patrícia Noah chegaram aqui e deram início aos trabalhos que até hoje permanecem. A evolução foi grande, no princípio eram apenas cinco membros, mas a fé e a perseverança dos sete pastores e familiares que por aqui passaram marcaram uma época na história desta cidade e cada vez mais a Igreja Metodista se insere na sociedade cascavelense, com o intuito de levar a palavra de Deus e fazer discípulos e seguidores do Senhor Jesus Cristo.

Em 1971 foi desmanchada a casa de madeira na Vila Cancelli, que havia sido adquirida para ser a igreja, foi construído um segundo templo, também de madeira. Dois anos depois foi comprado o terreno onde está a casa pastoral. Ainda em 73, o Pr. Francisco de Paula Seixas foi indicado como pastor assistente.  No ano seguinte foi nomeado o Pr. Acidy Martins de Castro, que pastoreou esta igreja até o ano de 1978 sendo sucedido pelo Pr. Samuel de Souza que trabalhou aqui no ano de 1979.

O Pr. Jaci Firmino assumiu de 1980 a 1984. Neste período foi construído o templo novo, o que hoje é utilizado. O reverendo conta que a obra durou três anos. E louva a Deus porque conseguiu o apoio de muitas pessoas. No ano seguinte, ele se aposentou e veio para substituí-lo o Pr. José Antonio Martins, que pastoreou durante nove anos. Ele lembra que duas coisas importantes marcaram a época em que esteve aqui: “Deixamos de ser campo missionário e nos tornamos igreja e também a construção de nossa casa pastoral, que foi chamada a casa que o amor construiu.”

No ano de 1994 chegou aqui o Pr. Ismael Machado Correia que permaneceu até janeiro de 2011.

Muitos dos membros mais antigos permanecem nestes dias, uma delas é Mercedes Amaral Rosa, desde 1970, quando ainda pequena, chegou com sua família para se estabelecer em Cascavel. Mercedes ainda se lembra da casa simples de madeira, onde se reunia o grupo não muito grande de pessoas, mas que segundo ela, “um povo acolhedor e disposto para o trabalho”, como relatavam seus pais. Ela recorda com carinho dos pastores, “cada um contribuindo para que o Reino de Deus se expandisse em Cascavel”, comenta.

Um outro membro que está há mais de duas décadas na caminhada desta igreja é a irmã Seldi Dutra. Ela diz gostar bastante dessa nova fase, da visão celular. Seldi diz que a igreja cresceu bastante e pede ao Senhor que possa dar cada dia mais pessoas disponíveis para trabalhar na obra.

Entre tantos feitos durante esse período é importante destacar que a Igreja Metodista de Corbélia é “filha” da de Cascavel. O reverendo Ismael Correa conta que uma família, Nabuco, Mônica e filhos, membros desta igreja, vinha todos os finais de semana para Cascavel. Verificou-se, que com o trabalho deles, era real a possibilidade de iniciar naquela cidade, um Ponto Missionário. E em 1994 a proposta foi aprovada em Concílio. Inicialmente o pastor realizava visitas mensais, depois quinzenais e enfim, semanais. No ano de 2002, de Ponto Missionário, passou a Campo Missionário Local, com a nomeação do Pr. Carlos César Pereira. E em 2005 o Campo Missionário Local alcançou autonomia no Concílio Regional tornando-se igreja emancipada.

Também no ano de 2005 o Ministério de Louvor Restaurando Tabernáculo gravou seu primeiro CD, Mais que Vencedor. O grupo viaja para várias cidades convidado a ministrar nas igrejas irmãs. Hoje, já gravaram também o CD Santidade e o DVDTua Glória Enche a Terra.

A igreja Metodista conta com o CEM - Centro de Ensino Metodista, local direcionado a ser um centro de excelência em ensino da Palavra de Deus. Após o culto da manhã de domingo, é lá que acontece a Escola Dominical - ABC da Fé, Integração I, II, III e IV. Neste lugar, o ministério RT também dispõe de um estúdio para gravação.

Hoje esta igreja dispõe dos seguintes Ministérios: Ministério de Ação Administrativa, Louvor e Artes, Apoio Pastoral, Comunicação, Consolidação, Crianças, Família, King´s Kids, Obras e Misericórdia, Evangelismo nos Presídios, Diaconia, Ensino e Discipulado, Rede de Mulheres, Rede de Jovens, Cozinha, Amigos de Missões (que desenvolve o Projeto Segunda Chance - entrega de sopa aos moradores de rua e direcionamento e apoio aos que querem deixar a dependência química) e Projeto Sombra e Água Fresca (apoio a crianças e adolescentes em situação de risco), cada qual buscando dar seu melhor para Deus.

Atualmente, são pastores desta igreja central o Reverendo Reginaldo Franco do Paraízo (foto: com a esposa Rose e os filhos Rafael e Guilherme), Pra. Elaine Beatriz A. da Silva e Pr. Doralício Almeida (foto: com a esposa Cleuza Helena P. Almeida).

A igreja Metodista em Cascavel tem ainda dois Campos Missionários, o Vale de Bênção (Bairro Brasília II), conduzido pela Pra. Rosângela e a igreja na cidade de Céu Azul, direcionada pelo Pastor Fernando Mardegan.

 


webmail | admin

© Copyright 2013 Todos os direitos reservados.